sexta-feira, 1 de maio de 2009

Intuição


Não acredito em coincidências,creio que existe sempre um plano maior.
Partindo desse principio,falarei do quanto a intuição é importante.
Por vezes ignoramos certas vontades inusitadas,ou mesmo racionalizamos sensações que na maioria das vezes,se não em todas é nossa intuição tentando nos auxiliar.
Pode ser um breve desejo de caminhar naquele dia chuvoso,a lembrança de alguém que há muito não vemos,virar numa esquina antes da que costumamos virar,etc.
Por experiência própria,sei que ouvir esses chamados pode ser encontrar uma solução para você ou ser uma solução para outrem.
Assim, durante aquela caminhada inusitada no dia chuvoso,entre um resmungo e outro do quão absurda foi essa ideia,você pode encontrar alguém que justamente te dará a oportunidade que deseja ou a solução que precisa.
O contrário também acontece e você pode tornar-se o anjo de alguém.
Cada vez que você aceita essas intuições,mais receptivo fica,diminuindo o trabalho da espiritualidade em ajudá-lo.
Quando sentir necessidade de algo,mesmo que efémera,não racionaliza,simplesmente aceite e faça o que te deu vontade.Logo poderá evocar essa intuição em momentos de precisão e realizar-se em todos os aspectos sem tanto sofrimento.

Um comentário:

bruna disse...

Maravilhoso Claudia!
Quanta verdade em suas palavras.